terça-feira, 24 de abril de 2018

O 25 de Abril - atividades na biblioteca

     No âmbito das comemorações do 44º aniversário do 25 de Abril, está patente na biblioteca escolar uma exposição de trabalhos dos alunos, sobre esta temática. A realização destes trabalhos foi orientada pelo professor João Bandeira.


Livros sobre o DIA DA LIBERDADE 





Vem visitar a exposição sobre o 25 de Abril, na biblioteca escolar



















domingo, 22 de abril de 2018

Dia Mundial do Livro






         O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Pretende anualmente, promover o prazer da leitura e o respeito pelos livros e pelos seus autores.​
         Esta data foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os homens oferecem às suas «damas» uma rosa vermelha de S. Jorge e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare, Cervantes e Garcilaso de la Vega, falecidos em abril de 1616.
         Em 2018, e porque se comemora o Ano Europeu do Património Cultural, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas quis relacionar a noção de património com o valor cultural e intemporal do Livro e da Leitura. Resultado do conjunto de várias forças, desde o autor ao leitor, passando pelo editor, tradutor, revisor, designer, ilustrador, tipógrafo, livreiro, animador da leitura. O Livro encontra o seu valor intemporal, quando é lido e passado de geração em geração, de uma língua para outra língua, de um suporte para outro suporte de leitura.
         O cartaz deste ano, baseado numa fotografia que a fotógrafa Luísa Ferreira concebeu no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, com design da LUPA Designers, pretende transmitir, que um livro cruza justamente tudo isto: tempo, espaço, língua, cultura, imagem, suporte, fotografia, escrita, mas também uma leitura e muitas leituras, prazer e fruição.  

Informação da DGLB

terça-feira, 17 de abril de 2018

CIRCUITOS DE LEITURA - “Livros trocados, amigos partilhados”

Feira do Livro Usado



       No mês em que se assinala o Dia Internacional do Livro Infantil e o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, a Equipa da Biblioteca e o Departamento de Línguas e Humanidades promovem, de 23 a 30 de abril, uma feira de troca gratuita de livros usados, que decorrerá na Biblioteca Escolar.
     O objetivo é que cada aluno traga para a biblioteca (até ao dia 30 de abril), um livro juvenil usado, mas em bom estado, doando-o para a Feira, adquirindo com isso, o direito de levar para casa um outro, à sua escolha.      
      Esta iniciativa visa facilitar a aquisição de livros e promover o incentivo à leitura.


23 de Abril – Dia Mundial do Livro

Eleição do Livro + Fixe, na Biblioteca Escolar - 08h:30m às 17h:00





Na próxima segunda-feira, 23 de abril, Dia Mundial do Livro, há eleições nas escolas. Professores e alunos encontram aqui todos os materiais e informações necessárias para preparar a votação.


Visão Júnior - A festa já começou! ( Miúdos de todo o país já fazem campanha eleitoral pelo livro mais fixe).
Rádio miúdos - As eleições para o livro mais fixe dos miúdos portugueses - Os tempos de antena para ouvir aqui

Dia Mundial do Livro


Celebração do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor



         A 23 de abril, celebra-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor.
       A UNESCO instituiu em 1996, o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial - foi a 23 de abril de 1616, que faleceu Miguel de Cervantes, escritor espanhol, e a 23 de abril de 1899 nasceu Vladimir Nabokov. Também a 23 de abril nasceu e morreu William Shakespeare, dramaturgo inglês.
       A data serve ainda, para chamar a atenção para a importância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia e desenvolvimento económico.
   O dia 23 de abril é celebrado em todo o Mundo, com a intenção de promover a leitura, os livros e os direitos de autor.
      A ideia da comemoração teve origem na Catalunha a 23 de abril, dia de São Jorge, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro. Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tornou-se uma tradição, em vários países do Mundo.








quinta-feira, 5 de abril de 2018

7 Excelentes razões para ler com as crianças

Ouvir ler em voz alta, ler em conjunto, conversar sobre livros desenvolve a inteligência e a imaginação;

Os livros enriquecem o vocabulário e a linguagem;

As imagens, informações e ideias dos livros alargam o conhecimento do mundo;

Quem tem o hábito de ler conhece-se melhor a si próprio e compreende melhor os outros;

Ler em conjunto é divertido, reforça o prazer do convívio;

Os laços afetivos entre as crianças e os adultos que lhe leem tornam-se mais fortes;

A leitura torna as crianças mais calmas, ajuda-as a ganhar autoconfiança e poder de decisão.



"Quem não lê não pensa, e quem não pensa será para sempre um servo." (Paulo Francis)

"Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro." (Henry David Thoreau)

"A leitura não deve ser mais do que um exercício para nos obrigar a pensar. " (Edward Gibbon)

"A leitura engrandece a alma. " (Voltaire)

 "A leitura nutre a inteligência." (Sêneca)

 "É claro que os meus filhos terão computadores, mas antes terão livros." (Bill Gates)
 

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Encontro Intergeracional


        Este foi, sem dúvida, um encontro intergeracional, onde a leitura, a poesia e a música foram ponto de união.
       As gerações mais velhas têm toda uma vida de experiências e aprendizagens que podem ser partilhadas com os nossos alunos, pelo que devem ser encontradas novas formas de aproximação entre os jovens e os “menos jovens”.
      Quando entram em contacto com idosos, os jovens desenvolvem um sentido de responsabilidade, generosidade e solidariedade, tornando-se também mais tolerantes. Ao aplicar os conceitos de aprendizagem partilhada e de experimentação coletiva, aprendem o significado de entreajuda e respeito mútuo. Além disso, os alunos adquirem competências sociais e cívicas.